TÉMÉRAIRE Livro I O Dragão de Sua Majestade

Publicado por: Milu  :  Categoria: Téméraire Livro I O...

o-dragao-de-sua-majestade

TÉMÉRAIRE
Livro I
O Dragão de Sua Majestade

De

Naomi Novik

Naomi Novik é natural de Nova Yorque tendo nascido em 1973. Estudou Literatura Inglesa na Brown University, sendo que veio, mais tarde, a estudar Informática na Columbia University. Exerceu actividades na programação de jogos para computadores até ao momento em que descobriu que, a sua preferência, era escrever livros de ficção. Conquistou o prémio John W. Campbell, no Japão, para melhor estreante (2007). Com a obra “O Dragão de Sua Majestade” foi galardoada com os prémios Comptom CrooK e Locus Award, para melhor primeiro romance. Os direitos foram vendidos para 14 países.

“Téméraire O Dragão de Sua Majestade” é uma obra verdadeiramente fantástica da autoria de Naomi Novik! A acção tem início em pleno oceano, a bordo do navio inglês Reliant nos momentos finais de uma batalha que haveria de culminar na tomada do navio francês Amitié! Ao acomodarem os prisioneiros no porão da embarcação francesa, os ingleses deram com um inusitado achado. Dissimulado por detrás de uma parede, propositadamente construída no porão, de forma a formar uma pequena câmara, jazia um contentor que chegava a meia altura de um homem e analogamente largo, firmemente preso ao chão e às paredes por maciços e fortes cabos. Intrigados, deram parte da ocorrência ao seu capitão que, de imediato se dirigiu ao local dando ordens para se proceder à abertura do contentor, no que foi prontamente obedecido, tal era a curiosidade que os animava! Assim que removeram a tampa, assistiu-se ao esgueirar de pescoços espreitando para o interior, quedando-se mudos pelo inesperado da descoberta! Logo que os seus cérebros recuperaram dos instantes que demorou o processamento de tal surpresa, deram-se à contemplação do inacreditável! Um fulgente ovo acamado em montes de palha! O Senhor Pollitt, cirurgião naval, confirmou a suspeita do capitão Laurence, ao afirmar que estavam perante um enorme e precioso ovo de dragão que, ainda para mais estava prestes a eclodir, muito provavelmente no prazo de uma semana, mau grado do capitão, que sabia estar à distância de três semanas da Madeira, contando com ventos favoráveis! Lá se ia a recompensa!… O ovo, se chegasse a terra, valeria mil vezes o seu peso em ouro!

dragao-3

Após ter sido feita, com mil cuidados, a transferência de tamanha relíquia para o Reliant, Laurence viu-se a braços com uma ingrata e difícil tarefa! Decidir qual dos seus homens haveria de aparelhar o dragão, procedimento que estava estabelecido como normal logo após o nascimento da criatura! O dragão ao permitir que um homem lhe colocasse o arnês, estava a declarar que aceitava este como seu piloto! A partir desse momento o piloto ingressava numa carreira que o impedia de ter uma vida normal, não devia ser casado ou ter filhos porque a satisfação das necessidades do seu dragão, assim como as suas obrigações na Força Aérea Inglesa o absorveria completamente, deixando-o sem qualquer margem de tempo para outras apetências! Não era de forma alguma uma opção fácil de ser tomada! Ser aviador era, inevitavelmente uma carreira exigente, muito susceptível de poder ser comparada a um sacerdócio! Logo não era para todos! Para se furtar à espinhosa e embaraçante tarefa de designar ele próprio um homem, decidiu tirar à sorte, pelo que foram metidos dentro de um saco tantos papelinhos quantos os homens que compunham a tripulação do seu navio, incluindo ele próprio! Coube a sorte, neste caso azar, a um marinheiro de nome Carver que, por contradição, tinha pavor às alturas, não era reconhecidamente, portanto, alguém que reunisse as condições essenciais para a missão! Mas que fazer? Faltava-lhes a coragem para repetir mais uma vez um momento tão marcado pela angústia, até mesmo o capitão, só depois se deu conta do risco a que, voluntariamente, se tinha sujeitado! Mal o bicho nasceu, sacudiu-se freneticamente tentando livrar-se das perniciosas cascas do ovo, Carver aproximou-se carregando o arnês na mão estendida, balbuciando vacilante, “Lindo dragão”, porém este não se dignou a prestar-lhe qualquer atenção! O dragonete mostrou mais interesse em explorar o convés e tudo o que nele se encontrava! Demoradamente, observava a cara de um homem com a mesma atenção com que observava uma simples roldana, revelando ser dotado de uma grande curiosidade e inteligência! Quando já todos tinham pensado que o nascituro não estaria na disposição de aceitar o arnês e, por esse motivo, teria que ser considerado inapropriado para a Força Aérea, quis o destino que este decidisse ser ele mesmo a escolher o seu piloto! O capitão Laurence! É a partir deste momento que é dada ao leitor a oportunidade e o prazer de se enternecer com sucessivas cenas de enlevada ternura, afecto e amizade incondicional entre estas duas personagens! O piloto e o seu dragão! Eis uma obra onde a vertente imaginária sobressai fortemente, tornando-a verdadeiramente apelativa para a indústria cinéfila! Não foi por acaso que o realizador de “ O Senhor dos Anéis” adquiriu os direitos da série para o cinema!

dragao

5 Comentarios to “TÉMÉRAIRE Livro I O Dragão de Sua Majestade”

  1. candida Diz:

    eu tive um livro de histórias k tinha na capa um dragão semelhante.

  2. Milu Diz:

    Candida! 😀
    Digo-te uma coisa – Este livro é lindo! Envolve-nos numa onda de ternura! Especialmente indicado para quem precisa de relaxar, numa boa!
    Um beijinho! 😀

  3. iris Diz:

    ja o li tenho 15 anos e foi o primeiro livro que li ate ao fim ,é pena nao encontrar os restantes da coleçao nao consigo ler mais nenhum enquanto nao encontrar os restantes ou o prosimo .

  4. Milu Diz:

    Olá Íris,

    bom começo! Também gostei muito! E olha que já li muitos! Gostava de poder aconselhar-te algum livro que eu mesma tenha considerado muito bonito, mas não tenho a certeza se será indicado para a tua idade. Um que gostei, embora me entristecesse foi o livro de Susanna Tamaro em “Vai aonde te leva o coração”, talvez seja muito denso para uma jovem da tua idade, mas sempre te podes informar. Os livros desta autora envolvem dramas humanos, que podem passar-se ali mesmo ao nosso lado, sem, no entanto, disso dar-mos conta. Um beijinho para ti e continua a ler. É importante que se leia, porque ler é viajar por outros mundos, ainda que se permaneça no mesmo lugar! Sonha-se!

  5. gustavo Diz:

    gostei dessa história!achei muito legal

Adicionar Comentario