Para pensar 2

Publicado por: Milu  :  Categoria: PARA PENSAR, Para pensar 2
Imagem retirada daqui

 

 

“O inferno dos vivos não é coisa do futuro; se ele existe, é esse que já aí está, o inferno em que habitamos todos os dias, que em conjunto fazemos. Há duas maneiras de não sofrer. A primeira acontece facilmente à maior parte: aceitar o inferno, torná-lo uma parte de nós ao ponto de não mais o ver. A segunda é arriscada e exige uma atenção, uma aprendizagem contínua: procurar e saber reconhecer quem e o quê, no meio do inferno, não é o inferno, e fazê-lo perdurar, e arranjar-lhe lugar junto de nós”.

Ítalo Calvino, (1990) in (Apple, W. M., Nóvoa, A. 1998).

2 Comentarios to “Para pensar 2”

  1. José Pinto Diz:

    O inferno dos vivos é a precariedade, a falta de garantias sustentáveis, a insegurança, a incerteza no futuro. Não existe uma ordem mundial. De repente, ficámos apavorados. Está tudo a desmoronar-se. Temos medo do Mundo.
    Mas o que mais me atormenta é a ausência de líderes com soluções. Olho para cima e vejo aventureiros tresloucados a dirigir pessoas banais como eu!

  2. Milu Diz:

    Sem dúvida José Pinto! Está tudo a desmoronar-se. Perante tudo o que está a acontecer uma pessoa é obrigada a parar para pensar nas incongruências a que estamos a assistir. Isto é uma brutal regressão não só económica mas principalmente a regressão na questão dos valores humanos. Em pleno século XXI, que anunciava tanto progresso, com tanta tecnologia, televisões TDT e tal, e a par disso, cada vez mais crianças a passar fome, crianças cuja única refeição que têm digna desse nome é na cantina da escola. Isto é triste… E depois, ainda me revolta mais, ver as caras de alguns governantes, caras grandes de bem nutridas, a recomendar sacrifícios aos outros, como se soubessem o que isso significa.

Adicionar Comentario